Hoje eu pensei em você, de novo!

Ao som de Adam Levine – Lost Stars

Me sinto tão presa pra escrever pra você. É como se minhas palavras parassem meu coração. Me sinto presa em tudo, nesse sentimento, nessa solidão, nessa vontade de me atirar no primeiro cara que eu ver na frente, só pra ver se o abraço dele esquenta mais que o seu.
E hoje eu me olhei no espelho, olhei e me perguntei um monte de vezes “Como é que esse idiota pode estar perdendo essa mulher? C-O-M-O?”. Eu me perguntei e não me respondi, e não que eu me sinta a mais foda do mundo, na verdade, eu só não consigo entender o porque JUSTO NA UNICA VEZ que eu decidi me entregar por inteiro, sem joguinhos e brincadeiras, fui deixada no canto nessa caixa de brinquedos que a gente chama de relacionamento.
E você não é o que eu posso chamar de “a melhor bolacha de uma trakinas”, mas era a minha bolacha preferida, com o gosto que fazia meu dia mais feliz. Você era a minha gota de açúcar em cada dia amargo que eu tinha que enfrentar.

tumblr_lv3mn7bgwi1r0j6hso1_500
As noites vão continuando com lugares cheios, copos vazios e pessoas meia boa, as mesmas noites que me acolhem e escorraçam pra me mostrar que não adianta eu estar linda e cheirosa numa pista cheia, se você não estiver lá pra elogiar a minha dança toda descoordenada, mas que só você consegue ver beleza nela.
E tem sido difícil manter a cabeça erguida, tem sido difícil sorrir ao passar meu numero pra outros caras que eu jurava que levariam um fora meu, já que meu corpo era todo seu.
Eu não quero mais escrever, eu não quero te pedir nada, nem quero te dizer alguma coisa, eu só queria que você me enxergasse como um dia eu te enxerguei, me olhasse como um dia eu te olhei. Eu odeio admitir sentimentos, mas eu só queria que você tivesse me amado como um dia eu te amei, ou amo!

Entre o céu e o inferno, o amor é o melhor lugar

Amor é loucura declarada, neurose assinada. É se perder mesmo que estático no lugar, é se encontrar num caminho que não faz o menor sentido seguir.
De esperto você passa a idiota, de frio você passa a ser cheio de “mimimi”, de moralista você passa a quebrar regras, de seguro você começa a se encher de perguntas, de forte você fica sem controlar tantas lágrimas, de ser humano você passa a grão de areia.
Amor é tigre branco, chega a hipnotizar de tanta beleza, mas cuidado! Pode te destruir em uma mordida ou no mínimo deixar em você marcas sérias para o resto da vida. Ele é tão belo quanto perigoso.
Amor é distração diante de uma confusão de tormentos, é olhar para um só lugar mesmo com tantos focos de atenção que nos cercam.
Amor é vermelho de intenso, preto de perturbador, branco de confortante. É uma confusão de sentimentos e ao mesmo tempo a sensação de encontro deles.
Amor chega a ser ditador de tanto que tortura, chega a ser milagroso de tanto que muda.
Reflexo Contrário

Amor é verdade sentida diante de mentiras ditas, é bater no peito para os outros o que você não consegue admitir para si mesmo, é prometer de pés juntos o que sabe que não vai ter a capacidade de cumprir, é entrar em lugares nos quais você jamais imaginaria estar, é escrever inúmeras mensagens e não enviar nenhuma.
Amor é sentir as mãos frias, a pressão alterada, o coração acelerado, uma inquietação inexplicável, uma falta de ar agoniante, é praticamente ter um choque séptico e adorar.
Não adianta, o amor não vai seguir suas orações, ele vai colocar na sua frente o oposto do que você costuma dizer que é o seu tipo, ele vai testar todas as suas convicções e teorias sobre personalidade e atitude.
Amor é ter a sede do Drácula e ser obrigado a ter a paciência do Dalai Lama.
Amor é corda que te puxa pro inferno e te faz sentir no céu, é ter asas tão pesadas que o esforço pra voar chega a ser desesperador.
Amor é tudo isso e nada disso, é para os corajosos, é para pés calejados que nem ligam se ganharem mais cortes, amor é amar além do próprio amor.

Ela ainda anda meio embriagada por você

Ao som de Passenger – Let Her Go

Ela não sabe mais para onde andar, com quem dançar, ela suja o rosto com o delineador que ela tinha usado com tanto cuidado pra você reparar, caso você resolvesse aparecer, mas não apareceu!
Ela bebe tanto que é pra ver se a mente embaralha as lembranças dela e tira um pouco da saudade que ela sente de você!
Ela se embriaga pra te esquecer, mas também pra lembrar de você, é que a bebida deixa a culpa dela menor e fica mais fácil colocar a responsabilidade em outra coisa que não seja essa saudade maldita.
Ela te manda mensagens só pra saber se você está bem, ela não liga se você responder algo genérico, ela só quer mesmo saber se você está bem, ela se contenta com pouco né? É porque foi o máximo que você sempre deu a ela.
Ela se deixa levar por beijos roubados na esperança de outras línguas rastrearem o segredo da química que você deixou e finalmente desfazer essa mistura que tanto bagunça a mente dela.
Ela se deixa esbarrar em outros corpos que é pra ver se a seguram pelo braço e a entrelaçam para devolver a segurança que a você a fez perder.
Ela não tem ligado muito para o tempo, ela já anda perdendo muito tempo sem passar o tempo com você, ela está tentando dar tempo ao tempo.
Ela ainda te culpa por incluir Eddie Vedder na discografia dela.
Ela passou a ler mais, e acabou por encontrar em outras palavras a mesma agonia dela, então ela passou a escrever também, afinal, sentimento comprimido no coração faz mal, e ela precisava dividir, mesmo que não fosse com você.

Meu reflexo contrário

Ela te acha bonito sabia? Ela não tem muitas fotos suas, embora tenha uma seleção na mente das que mais a agradam ao olhar, mas ela não precisa de fotos pra lembrar de você, basta fechar os olhos.
Ela sempre achou que você fica bonito com camisetas sem estampa, principalmente aquela vermelha que você estava usando quando a conheceu.
Ela anda falando menos de você, mas é porque ela está percebendo que você não fez, não faz ou fará parte da vida dela, e não faz questão alguma disso.
Ela andou caindo na real rapaz, ela percebeu que na verdade, seus talentos eram experiência de alguém que vive tão bem com a solidão, que não consegue se doar a alguém que abre um sorriso tão sincero quando falam seu nome. Mas ela sabe que o arrepio que ela sente quando toca em você não é do seu sex-appeal, é do corpo dela se juntando ao coração, e não há nada melhor que isso.
Ela não tem dado tantos sorrisos assim, ultimamente ela abaixa a cabeça quando ouve o seu nome, muda de assunto, é que ela sabe que não importa o quanto seu nome seja pronunciado, a força das palavras não te trará para perto dela, e isso dói.
Ela admitiu pra ela mesma que você faz parte do passado, o que não faz parte do passado é o que ela sente por você, mas ela anda determinada, está disposta a tirar você dessa bagunça que é a vida dela, ela não sabe se vai conseguir, mas agora o passo foi dado, e ela não pode desistir.
Ela não acredita, pelo menos não quer acreditar, que um sentimento tão bonito tenha que ser desperdiçado em solidão. Ela sabe que se você desse uma chance, abrisse uma brecha, ela não deixaria escapar, ela faria o impossível para não tirar o sorriso do seu rosto.
Então ela vai continuar enchendo copos por ai, esbarrando em outras mentes embriagadas e gastar tempo e dinheiro com pretextos para sorrir.
Ela não sabe muito bem pra que caminho vai seguir, mas ela sabe que lá na frente haverá resquícios de você, e ela espera lembrar com carinho de alguém que a fez dar sorrisos tão vazios um dia. Por enquanto ela se contenta fazendo brindes saudando a sua ausência e escrevendo textos meia boca pra dividir com os outros o que ela nunca pôde entregar a você, o coração dela!

Liga o blues e fecha a porta

blues

Eu ando ouvindo mais blues, porque já me disseram que o blues é um estado de espirito, mas não tinham explicado que ele também é a tradução daquilo que se quer e não se consegue. É um empurrão para o abismo da saudade.
O solo de guitarra me dá a exata essência da solidão, me dá uma sensação de que isso não vai mudar, que o mundo é bem mais cruel do que parece e eu não estou incluída na lista de finais felizes de toda essa história.
O blues dá aquela pitada de dor que todo coração precisa pra lembrar que amores certos estão em pessoas erradas, que não importa para onde você caminhe, haverá sempre um bar para você parar, sentar e beber. E quando o blues consegue atingir o seu íntimo mais triste você sabe, por mais que você queira com todas as suas forças se livrar desse sentimento, que não há nada melhor que amar.

Ele é um maldito!

As pessoas precisam dele, é quase como não poder viver sem esse mal. Não adianta evitar, não adianta desviar, ele simplesmente está aqui ou ali e, mesmo que não esteja em lugar algum precisamos dele, nem que seja um pouquinho. Sabe aquele mal necessário? Que a gente não sabe porque, mas não se livra? é, então… Não importa, quando ele vai embora, de duas a uma: Ou seguimos sem ele (achando que vai dar certo) ou simplesmente surtamos! E, sinceramente; não presenciei algum corajoso que tenha seguido completamente satisfeito com tal escolha…
Ele esta aqui e você pede desesperadamente que ele vá embora, que se desfaça em pedaços e desça pelo ralo para que você possa nunca mais te-lo por perto, ai ele vai! E você simplesmente corre atrás dele, juntando cada pedaço, andado pelo esgoto procurando cada parte suja, grudenta, no qual você sabe que vai te fazer mal. Ele é assim, consegue te entorpecer sem precisar fazer muito esforço, ele é poderoso, atrevido e presente. Ele consegue ser um, consegue ser vários e as vezes consegue aparecer aos poucos e em várias formas, só para te confundir. Ele é assim mesmo, um mentiroso, adora se disfarçar, assim você vê nele algo melhor, algo no qual você pode se segurar; ele não desiste, ele simplesmente é cruel, não se importa com o que você deseja ou quantas vezes já pediu que ele se fosse, ele quer que você implore por ele, peça sua presença e você, como tonto que ele sabe que é, pede, faz tudo o que quer, fica aos pés dele, mesmo tendo prometido o contrário, você sabe que ele não liga para as suas promessas…
Não é um maldito esse tal de sentimento?

Simples assim

Vai entender… A gente conhece tantas pessoas, passa por tantas situações, mas nenhuma tem tanta graça quanto as mais simples. Simples… É disso que estou falando, o que sinto por você é muito simples, não envolve jogos, lamentações ou nenhum tipo de cobrança, o que existe é um simples sentimento… Que sentimento? Como eu vou saber? Só sei que é bom, que me traz uma paz, uma sensação boa de que tudo pode se resolver… Não consigo ver nenhuma complicação, o que sinto por você, sinto com muita facilidade! Só te peço pra não fazer muitas perguntas, não se preocupar comigo, eu sou assim mesmo, meio confusa, com um sorriso defensivo e um olhar examinador, sem muitas respostas para as coisas dessa vida, pra falar a verdade não consigo achar resposta nem do porque estou escrevendo isso agora, devo ser uma completa idiota. Opa! Já ouvi isso: – Sua idiota! É, devo ser mesmo, mas fazer o que né? Foi esse jeito meio complicado que você tem que me deixou assim, simplesmente idiota, simplesmente com saudade, simplesmente completamente precisando de você!