Os socos que a alma dá!

Hoje eu levei um soco na cabeça. Hoje eu levei um soco na alma.
hoje eu levei mais do que eu esperava. Eu levei mais do que eu achei que Deus poderia me dar.
Deus me daria uma pancada tão forte que não doeria tanto quanto essa.
Deus olhou pra mim e disse: “Você não é nada”. Eu nada era melhor do que isso
Nada é pior do que ver minha alma soterrada por esse soco.
E qualquer soco seria mais ameno que esse, porque esse veio dentro, veio de sangue pra sangue, veio de alma pra alma, veio de dentro e de dentro, dói muito mais.
Antes desse soco quem era eu? Depois desse soco quem sou eu?
Eu era ninguém, mas tentava ser todo mundo, agora sou todo mundo tentando ser ninguém.
Tem muito sal no chão, tem muita água no piso, tem muito sangue nesses corações. Tem coisas que só a vida explica, tem coisas que nem o diabo entende, tem coisas e coisas.palavras

A felicidade é passageira e a decepção é corriqueira

Amizades, relacionamentos, emprego, vivemos em torno de objetivos reais acompanhados de expectativas que nem sempre serão conquistadas.
Felizes daqueles que já não esperam mais nada.(?) Assim são surpreendidos todos os dias, e quando nada acontecem simplesmente continuam sem decepções maiores (será mesmo?).

Decepção é uma coisa comum, todos temos e quase que diariamente, a diferença é que muitas vezes procuramos nos decepcionar por conta de esforços, tentativas e esperanças que não passam de refúgios em busca de algo que nem sabemos direito o que é.

A verdade é que somos imaturos, somos eternas crianças e achamos que a vida é como encontrar alguém numa brincadeira de esconde-esconde, não importa o esforço da procura, no fim, o escondido acaba aparecendo. Só que não é assim, nunca vai ser assim, a felicidade se esconde atrás de pequenas coisas e momentos passageiros, queria eu dormir aflita e acordar cheia de soluções, queria eu sonhar e concretizar no minimo a metade das minhas ilusões.
reflexo contrárioExistem pessoas que nasceram pra nos convencer a procurar incansavelmente o sentido das coisas, essas pessoas são super seres humanos, cheios de conquistas e felicidade de sobra, elas são os espelhos da sorte, e são esses reflexos que as vezes nos fazem olhar internamente e nos perguntar: “Porque comigo não?” ou “Quando eu vou ter a minha vez?”. O que nos resta e lidar e administrar frustrações, dominar decepções e ter como companhia a solidão, mesmo que rodeados de pessoas! Até a esperança de não se decepcionar se torna uma expectativa frustrante.

O que leva tempo pra aprender (e não me incluo na lista dos que já aprenderam) é que somos apenas seres humanos, que as coisas vem e vão e as pessoas vão passar a nos decepcionar diariamente, assim como os resultados que talvez nunca chegaremos a alcançar.
E o que eu realmente desejo é que as coisas sejam mais simples mesmo que mais tristes, que a primeira vista a confusão de sentimentos se torne uma bagunça de sorrisos e anseios.

Que possamos ter a certeza, de que as pessoas que amamos possam dar pequenos sorrisos e perceber que esses são os que valem a pena, que mesmo que a dor sufoque, grite e rasgue, ainda haverá amor e sentimentos bons. E que, as vezes, mesmo que de longe, possamos sorrir de alegria pela felicidade daqueles que fazem parte do nosso coração.
Algumas almas não morrem quando já não há esperanças, elas morrem quando não conseguem se livrar delas.