A noite passada foi longa

wpid-wp-1447122173048.jpg

Choveu na noite passada, o asfalto refletia uma lua distante e sozinha! Eu quase escorreguei no chão molhado, eu quase esqueci que você existia.

Fez frio a noite passada, o vento insistia em congelar meu rosto mais do que meu coração e secar as lágrimas que só não eram maiores do que a chuva.

Eu andei mais do que devia noite passada, meus pés não doíam tanto quanto minha mente, mas eu precisava de dores diferentes.

Eu bebi demais a noite passada, é que eu queria cair nos braços de alguém, mesmo que fosse pelo efeito do teor alcóolico. E eu cai, mas tudo que me acolheu foi o abismo de estar só mesmo que com alguém.

Eu perdi uma ou duas horas com um carinha noite passada. Ele era bem humorado, mas pra mim era chato, ele era inteligente, mas pra mim era nerd, era seguro, mas pra mim era metido, era gentil, mas pra mim era mole, tinha pegada, mas pra mim era ousado demais, ele era o cara perfeito, mas pra mim não era você.

A noite passada foi longa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s